Nova Embalagem para Alternativas de Carne da Impossible Foods

Descubra a nova embalagem para as alternativas de carne da Impossible Foods, projetada para atrair carnívoros e flexitarianos, enfatizando sabor e nutrição.

Nova Embalagem para Alternativas de Carne da Impossible Foods

Um maior destaque para descritores de sabor, gordura saturada e sódio; imagens e tipografia maiores; e uma estética vermelho brilhante são os destaques da nova embalagem dos substitutos de carne da Impossible Foods.

Na Expo West, a empresa californiana está relançando sua identidade de marca que coloca o foco no sabor e na nutrição mais do que nunca, baseando-se nos resultados de inúmeras pesquisas de consumidores sobre suas preferências por carne à base de plantas. A ideia é atrair comedores de carne e flexitarianos, que compõem 90% da base de clientes da Impossible Foods, em vez de "veganos, vegetarianos ou aqueles que já seguem dietas sustentáveis", como explicou um porta-voz da marca ao Green Queen em dezembro.

A renovação foi anunciada pelo CEO da Impossible Foods, Peter McGuinness, naquele mês em uma conferência da Adweek X, onde ele aludiu ao fato de que as estratégias de marketing existentes têm irritado os americanos com seu "elitismo" e "consciência social". "A maneira de fazer com que os comedores de carne realmente comprem seu produto não é irritá-los, vilificá-los, insultá-los e julgá-los", explicou ele. "Precisamos passar de insultar para convidar, o que é uma jornada e tanto."

E convidativo é exatamente o tema de sua nova embalagem, que apresenta imagens mais apetitosas, como salsichas com marcas de grelha mais nítidas e uma única almôndega mostrando mais do produto e menos do molho. Através de tudo isso, a Impossible Foods quer transmitir a mensagem de que "a carne de plantas é tão satisfatória quanto a carne de animais".

"Queremos ser inclusivos para qualquer pessoa que aprecie uma boa comida. Não importa se você é vegano, vegetariano, amante de carne animal ou está em algum lugar no meio", diz McGuinness. "O que queremos fazer é educar os consumidores de que eles ainda podem desfrutar de carne incorporando em sua dieta uma versão feita de plantas em vez de animais."

A nova identidade de marca é resultado de uma colaboração entre as equipes de marketing e criação internas da Impossible Foods e a agência criativa global Jones Knowles Ritchie. A empresa diz que pretende atrair os "desejos carnívoros dos comedores de carne" em toda a jornada do consumidor, desde a experiência digital até a primeira impressão da marca através da embalagem.

"Não estamos apenas crescendo uma marca, estamos crescendo uma categoria inteira", disse Leslie Sims, diretora de marketing e criação da marca. "Por muito tempo, os comedores de carne não nos viam como algo para eles. Mas nossa missão depende de atrair comedores de carne, então queríamos fazer o que pudéssemos para ser mais convidativos em nossa abordagem e mensagens. Temos confiança de que, uma vez que experimentem, eles ficarão conosco."

A Impossible Foods diz ser a empresa de base vegetal que mais cresce nos EUA, o que atribui a uma série de fatores, incluindo o desempenho consistente em relação aos concorrentes de base vegetal em sabor, presença em mais de 30.000 pontos de venda e 45.000 locais de alimentação, e uma ampla variedade de produtos com diversidades nutricionais (seu portfólio inclui um hambúrguer indulgente e carne moída leve). Sua carne moída é a carne à base de plantas mais vendida nos EUA, tanto no varejo quanto na alimentação fora de casa, enquanto suas almôndegas e nuggets de frango são os mais vendidos em suas respectivas categorias.

Então a pergunta é: por que mudar o que está funcionando? "Historicamente, esta indústria não se dirigiu diretamente aos comedores de carne, e algo tão simples como uma estética de marca verde visualmente reforçava uma mensagem de nicho. Como resultado, a carne de plantas foi descartada como um fenômeno vegetariano e vegano", diz um porta-voz da empresa ao Green Queen.

"É por isso que estamos aproveitando esta oportunidade para expandir a percepção pública e sermos mais inclusivos aos consumidores flexitarianos e comedores de carne - afinal, quanto mais pessoas comem à base de plantas, melhor será para o planeta", acrescentam. "As pessoas podem se surpreender ao saber que 90% dos consumidores da Impossible também comem carne, e mais de metade dos que nos experimentam pela primeira vez pretendem fazê-lo novamente. Isso significa que já estamos fazendo algo certo, e essa evolução de nossa identidade de marca é uma maneira de construirmos sobre esse sucesso."

A empresa diz que a cor vermelha ousada é projetada para "refletir diretamente a carnalidade de nossos produtos e o fato de que eles têm gosto, cozinham e satisfazem como carne de animais". Ela cita um estudo recente da ProVeg International que descobriu que 54% dos americanos e 56% dos britânicos associam embalagens vermelhas para carne à base de plantas com sabor superior.

Ao lado do verde e do roxo, a pesquisa observou que o vermelho transmite "sabores deliciosos e satisfação culinária" e mostra "pratos suculentos, ingredientes saborosos ou endossos de chefs". Mas, embora houvesse uma forte associação da cor verde com carne à base de plantas (72% no Reino Unido, 62% nos EUA), isso caiu para apenas 6% e 13%, respectivamente, para o vermelho.


Palavras-Chave

Impossible Foods - Alimentos Impossíveis meat alternatives - alternativas de carne plant-based - baseado em plantas packaging - embalagem branding - marcação

Avaliar este artigo

Partilhar este artigo

Comentar este artigo

Artigos relacionados

É um entusiasta do packaging?

Se deseja obter destaque na nossa publicação sem custos, compartilhe a sua história connosco, aguarde a revisão de nosso editor e tenha a sua mensagem divulgada globalmente.

Seleção da Comunidade

Não existem artigos para mostrar

Artigos em destaque

Quem Somos

carne

impossible

foods

marca

plantas

comedores

embalagem

sabor

empresa

atrair

carne

impossible

foods

marca

plantas

comedores

embalagem

sabor

empresa

atrair

carne

impossible

foods

marca

plantas

comedores

embalagem

sabor

empresa

atrair