As últimas novidades em embalagens vegan para 2024 - desde certificações éticas até materiais sustentáveis. Eleve sua marca com soluções inovadoras e ecologicamente corretas.

Tendências de Embalagens Veganas 2024: Ética, Inovação e Sustentabilidade

À medida que nos aproximamos de 2024, as previsões de tendências apontam para uma alimentação à base de plantas como um pilar da dieta moderna. Mais de 1.610 novos produtos e menus veganos foram lançados apenas em 2023, e, no geral, estudos mostram que os consumidores estão procurando por alimentos mais simples, menos processados, que valorizem a sustentabilidade e o valor.

Com a chegada do Veganuary, as empresas devem manter os mais altos padrões, atrair um público mais amplo e garantir a segurança dos produtos para os consumidores.

Requisitos de regulamentação

As empresas veganas devem priorizar materiais certificados por organizações respeitáveis e garantir que os materiais e processos atendam aos requisitos específicos do USDA para serem elegíveis para rotulagem vegana.

Isso também significa que as empresas devem tomar precauções para evitar a contaminação cruzada com ingredientes de origem animal durante o processamento, especialmente em instalações ou equipamentos compartilhados para produtos veganos e não veganos.

Os especialistas em embalagens devem ter cuidado ao selecionar adesivos para laminados ou selar caixas no contexto de produtos veganos. Os adesivos usados para selar caixas em produtos veganos devem evitar completamente o glúten, a cola de ossos e a caseína derivada de subprodutos animais.

Outros componentes envolvidos na embalagem, incluindo vernizes, revestimentos, tintas, corantes e aditivos destinados a melhorar o desempenho ou a longevidade, também são uma preocupação para algumas pessoas que procuram soluções de embalagem amigáveis ​​ao veganismo.

Embora não seja obrigatório, as empresas podem ajudar a tranquilizar os consumidores, obtendo certificações de organizações veganas reconhecidas, o que pode aumentar a credibilidade.

Certificações como o Vegan Trademark da Vegan Society, Certified Vegan da Vegan Action ou o selo Vegan Flower da União Vegetariana Europeia podem ajudar a garantir aos consumidores que o produto atende aos padrões veganos e que eles não esperam nenhum dos problemas potenciais listados acima.

Os materiais corretos para embalagens veganas

Para ser um fabricante de embalagens veganas, tudo começa com a escolha cuidadosa dos fornecedores e materiais certos. Existem várias opções adequadas para alimentos veganos, que estão alinhadas com considerações éticas e práticas.

Obter materiais de fornecedores verificados como veganos é um excelente ponto de partida, pois garante que não há ingredientes de origem animal usados ​​na fabricação de embalagens, como colas à base de animais ou certos corantes que podem conter subprodutos animais.

Opções de fonte, como plásticos compostáveis, papel e fibras à base de plantas que podem se decompor naturalmente sem resíduos prejudiciais. Quando possível, escolha recipientes de vidro ou metal altamente recicláveis ​​e inertes, minimizando as interações químicas com o produto embalado.

Recipientes estilo Tupperware ou bolsas reutilizáveis ​​feitas de silicone ou outros materiais próprios para alimentos oferecem uma opção sustentável para embalar alimentos veganos, especialmente para produtos destinados a várias porções.

Rotulagem, rastreabilidade e transparência

A rotulagem precisa e abrangente de produtos alimentícios veganos tem o potencial de aumentar significativamente as vendas, eliminando possíveis confusões para os consumidores.

As empresas são fortemente aconselhadas a incorporar rótulos detalhados e precisos em seus produtos, garantindo a conformidade com os requisitos legais essenciais. Entre esses requisitos, incluir uma data de "uso até" ou "melhor antes" em itens alimentares e de bebidas é uma obrigação crucial.

Rotular claramente que seu produto é adequado para veganos é fundamental, pois a maioria dos consumidores pulará etapas como entrar em contato com o fabricante e optará por comprar um produto com melhor rotulagem se estiver em dúvida. Para fazer essa afirmação, você deve garantir que todos os ingredientes sejam à base de plantas e não contenham nenhum componente de origem animal. Isso inclui aditivos, sabores, cores e auxiliares de processamento.

Tente evitar qualquer ambiguidade nas afirmações de um rótulo. Por exemplo, 'Sem laticínios' ou 'Sem lactose' não significa necessariamente vegano. Outros ingredientes como glicerina / glicerol e ácido esteárico podem ser derivados de gordura de abatedouro - mas também podem ser veganos - então, se forem de origem vegetal, isso deve ser indicado no rótulo.

Os rótulos também devem destacar claramente quaisquer alérgenos presentes no produto, como nozes, soja, trigo ou glúten. Mesmo que o produto seja vegano, ele pode conter alérgenos, e sua presença deve ser claramente indicada.

Você deve fornecer orientações sobre como armazenar o produto corretamente, se ele precisa de refrigeração e quaisquer condições específicas de armazenamento para manter sua qualidade. Inclua um código de barras para escanear no ponto de venda e um código de lote ou produção para rastreabilidade e controle de qualidade.

Use a embalagem para constr


Palavras-Chave

embalagem vegana , materiais sustentáveis , tendências à base de plantas , rotulagem ética , design inovador

Avaliar este artigo

Partilhar este artigo

Comentar este artigo

Artigos relacionados

É um entusiasta do packaging?

Se deseja obter destaque na nossa publicação sem custos, compartilhe a sua história connosco, aguarde a revisão de nosso editor e tenha a sua mensagem divulgada globalmente.

Artigos em destaque

Quem Somos

embalagens

veganos

embalagem

produtos

materiais

consumidores

produto

artigo

vegan

soluções

embalagens

veganos

embalagem

produtos

materiais

consumidores

produto

artigo

vegan

soluções

embalagens

veganos

embalagem

produtos

materiais

consumidores

produto

artigo

vegan

soluções